Saiba mais sobre leite A2

O que é LEITE A2?

Por Michaela Demetrio

O alimento LEITE, proveniente dos animais mamíferos, contém uma série de nutrientes específicos para o crescimento e desenvolvimento de sua própria espécie, ou seja, cada animal produz o leite na composição certa para acompanhar a evolução de sua própria cria. Costumamos comparar o aumento de peso de uma criança, que dobra seu peso inicial em aproximadamente 9 meses com o de um bezerro, que dobra seu peso em 2 a 3 meses. O leite colabora demais com esta questão. Nutrientes estes são a lactose, a proteína e a gordura, além de micronutrientes – e a diferença entre os animais está somente na proporção e na qualidade destes nutrientes.

Vamos falar da principal proteína do leite, que se chama CASEINA. Cerca de 80% de todo o conteúdo proteico no leite são caseínas. As caseínas são proteínas formadas por uma cadeia de aminoácidos. Podemos dividir as estruturas orgânicas da caseína em quatro grupos: alfa S1, alfa S2, beta e kappa. Dessas, as beta-caseínas são dividas em 13 variantes conhecidas: A1, A2, A3, B, C, D, E, F, H1, H2, I e G. Essas variantes são caracterizadas por diferenças mínimas de sequencia dos aminoácidos, às vezes uma simples inversão na sequencia da cadeia já a torna uma variante.  As estruturas  mais comuns no leite dos bovinos são as beta-caseínas A1 e A2.

Interessante observar que dentro de uma mesma raça, no caso a zebuína, encontramos leite com beta-caseina A1 e com beta-caseina A2.

Estudos têm demonstrado que o leite que contém a beta-caseina A1, ao ser digerido pode produzir um opióide chamado BCM-7 que, principalmente em crianças, pode ser altamente tóxico ou gerar alergias. Já o leite que contém a beta-caseína A2 sofre outro tipo de digestão, sem produção de toxinas e assim não desenvolve alergia ao ser humano, podendo ser considerada mais digesta ou mais tolerável.

Podemos dizer então que o leite proveniente de vacas genotipadas A2A2, o chamado leiteA2, é de melhor digestão e aceitação pelo organismo humano.

Possui dúvidas sobre leite, seus derivados ou sobre carne de cordeiros? Faça sua pergunta também!

Pergunte à Nutricionista